quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sobre a notícia do momento...


Na madrugada de sábado houve um acidente gravissimo.
Desse acidente resultam, até ao momento 2 vitimas mortais, 1 vitima em estado critico e um ferido ligeiro.
Todos os dias, e infelizmente, estes acidentes acontecem no nosso País.
Uma dessas vitímas foi Angélico Vieira.
Actor (?), Cantor (?) e figura pública.
Se desempenhava bem os vários "papéis" na sua vida, não sei.
Se era bom rapaz, bom filho, bom companheiro, bom amigo: desconheço.
Sei que foi mais uma vida ceifada na juventude.
Percebo que para uma geração diferente da minha, ele seja um idolo.
Um idolo para quem tem crescido envolto de valores questionáveis,
com os quais pouco ou nada me identifico.
Percebo que o mediatismo envolto destas situações ,provoca ondas de histeria,
pelo dramatismo com que são narrados e pelas novelas que a imaginação desenvolve,
nas mentes de muito boa gente.
Se levava cinto, se conduzia sob o efeito de álcool ou drogas, se ía em excesso de velocidade,
são questões pertinentes , mas que em nada aliviarão a dor daqueles Pais, Família e Amigos.
Do ponto de vista social, entristece-me perceber que hoje em dia são mais valorizados,
fenómenos alimentados pelos media , que a verdadeira essência das coisas.
A especulação, a intriga, o drama excessivo é fruto da Sociedade em que vivemos.
Ao mesmo tempo que as televisões, jornais e revistas procuram o momento (que desrespeita em absoluto o luto e dor das pessoas próximas da vitima),
que devia ser respeitado e privado, deixam passar quase em branco o falecimento de Salvador Caetano.
E agora pergunto eu:
Procurem junto desta geração, saber se encontram um único adolescente que saiba de quem falo.
Paz às suas Almas.

3 comentários:

Uma amiga disse...

Se não sabe nada sobre o Angélico e sobre a vida dele informe-se primeiro antes de comentar ,pois eu andei na mesma escola que ele e sei bem como era amigo do seu amigo ,um óptimo filho , a fama não lhe subiu á cabeça continuava a dar-se com os amigos antigos e se era bom companheiro pelo menos a rita não se queixou , era uma pessoa que não bebia alcool nem fumava, tenho pena que em portugal seja assim ... ninguém pode ser bonito e bem sucedido que á sempre alguém disposto a denegrir a imagem só pela inveja é uma pena.... mas não podemos todos ser figuras públicas e quem quiser ser que lute por isso pois o angélico lutou muito para chegar onde chegou e quem não gosta paciencia.E como vivemos em DEMOCRACIA também eu quis deixar-lhe a minha opinião.

Bailarina disse...

Cara Anónima [what else is new!],

Compreendo a revolta, angustia e mágoa de quem lhe era mais próximo.
Aliás, foi por isso mesmo que manifestei o meu desagrado pela "novela" criada sobre o sucedido.
Em altura alguma, denegri a imagem da pessoa em questão.
Só manifestei a minha opinião sobre os acontecimentos.
Reitero tudo o que escrevi, porque é a minha opinião.
Quanto à sua, respeito.

Cátia disse...

Numa coisa concordo com a Starfish...já se está a tornar "novela" acho que é de muito mau tom estarem sempre a bater no ceguinho com o assunto "Angélico" nos média...

Já vi umas 5/6 homenagens a ele, acho muito bonito fazerem uma homenagem a ele assim como a tantos outros cantores/actores quando chegam ao seu fim mas deveria existir um bocadinho mais de respeito pelos familiares/amigos e principalmente pela mãe que é quem mais está a sofrer!

Como ontem irem compararem um atropelamento de uma moça que ficou 20dias em coma e que por a mãe nunca ter desistido ela hoje está cá e embora com algumas deficiências sobreviveu, comparações?! Para quê?! Para acharmos que o Angélico puderia sobreviver e ficar como aquela moça?!

Acho que a TVI se está a aproveitar do facto de ter encontrado um moço tão prendado e bonito!

Hoje será homenageado mais uma vez, espero eu que seja a homenagem final e que deixem ele descansar em paz assim como familiares/amigos/pais/fãs!