segunda-feira, 7 de março de 2011

De uma Infância feliz...

Recordo momentos ,em que não devia ter mais ,de 2/3 anos.
De acordar, sozinha numa cama, e brincar com peluches,
até que os meus pais me viessem buscar.
Ficava ali, sossegada, entretida, na expectativa de ouvir aquelas vozes,
de ver aqueles semblantes felizes...
Lembro-me que ao vê-los , o meu rosto iluminava-se.
Sentia-me segura, protegida e extremamente cuidada.
Talvez só não fosse o ponto alto do meu dia,
porque nestas idades, uma boa brincadeira e umas valentes gargalhadas,
levam-nos ao ceu...
Mas aqueles segundos faziam parte da minha rotina,
do meu porto-de-abrigo,
nos quais hoje e há distância de quase 3 décadas [damn!!!],
penso recorrentemente,
sempre que algo me perturba ou me entristece.

2 comentários:

Aline disse...

Mais um cantinho especial.

Bailarina disse...

:) Ai a baba, Aline! *